quarta-feira, 22 de maio de 2013

Tentação sem limites (Capítulo 20)





***

-Arthur, pelo amor de Deus, diz que você pegou a Katherine na escola?!

-Peguei sim. Ela tá aqui comigo.

-COMO VOCÊ PEGA ELA SEM ME AVISAR, ARTHUR? – Lua perguntou exaustiva ao telefone.

-Eu ia te avisar, mas esqueci, pois A Katê quis vim tomar sorvete.

-NA HORA DO ALMOÇO?

-Lua, pare com isso.

-VOCÊ NÃO SABE O QUANTO EU FIQUEI PREOCUPADA!

-Ela tá bem, tá aqui comigo. Não se preocupe.

-Impossível não me preocupar...

-Mamãe, eu to bem. O papai me pegou direitinho. – Katherine a interrompeu.

-Tudo bem, querida. Onde vocês estão? – Lua perguntou mudando de assunto, pois estava falando com sua filha.

-Estamos tomando sorvete. Mas já estamos indo embora, mamãe. Não se preocupe.

-Tudo bem. Passem lá em casa primeiro pra pegar suas coisas.

-Tá bom. Beijos. – A menina despediu-se.

-Beijos.

Lua, por sua vez, mais calma, voltou para casa onde os encontraria. De acordo com o cronograma de vaga compartilhada, hoje era dia de Katherine ficar na casa do Arthur. E ela também, já que Mel armou para que eles ficassem “sempre” juntos. Enfim, já estava chegando.

-Oi mamãe! Papai perguntou se aqui tem leite condensado? – Katherine perguntou quando Lua abriu a porta de casa.

-Nossa, já estão aqui. – Lua disse surpresa.

-A sorveteria é logo aqui perto. – Arthur argumentou e Lua assentiu.

-Mamãe, tem leite condensado aqui?

-Ah, tem sim querida. Segunda porta à direita do armário.

-Obrigada mamãe.

-Pra quê quer leite condensado? – Lua perguntou a Arthur quando Katê saiu correndo para a cozinha.

-Fazer brigadeiro.

-Você não sabe fazer brigadeiro.

-Não sabia. Agora sei. – Ele disse e se aproximou. – A questão é que você irá provar do meu brigadeiro.

-Sei não, hein. Sua comida é ho...

-Eu sei, eu sei. Horrível. Mas eu andei melhorando, caso a gente voltasse e você queira avaliar minha comida. – Lua o olhou e cruzou os braços com a intuição de Arthur.

-Ah você pensou que a gente ia voltar? – Lua foi irônica.

-Penso nisso todos os dias. – Quando Lua percebeu, ele já estava perto o suficiente para ela ter um ataque e cair ali, agora na frente dele.

-Só que a gente não vai volt...

-Voltei! – Katherine gritou ao chegar com a lata de leite condensado na mão.

Arthur continuou parado olhando-a e esperando ela terminar o que ia dizer. Lua também continuava imóvel olhando para ele. Katê olhou para os dois desconfiada.

-Vamos? – Katherine perguntou tentando eliminar a tenção que se prevalecia entre os dois.

-Eu vou pegar minhas coisas. Já volto. – Lua disse e subiu as escadas o mais depressa possível.

-Papai, o que aconteceu? – Katherine perguntou curiosa.

-Nada demais, princesa. Então, pegou o leite condensado? – Ele perguntou mudando de assunto.

-Sim. Aqui. – Ela lhe entregou.

Nova York; Home Aguiar; Segunda-feira; Às 13h18min da tarde;

-Papai, o seu apartamento tá muito cheiroso. – Katherine comentou.

-Obrigado princesa. Resolvi caprichar para vocês duas. – Ele sorriu e Lua o olhou desconfiada. – Bom, eu pedi comida chinesa, tudo bem pra vocês? – Ele perguntou.

-Sim! Ótimo! Eu amo comida chinesa. – Katê exclamou feliz.


...CONTINUA!...

Bom, mais um capítulo.
Comentem o que vocês querem que aconteça?
Eu adorei que vocês deram a opinião de vocês
no ultimo cap. :))
Comeeenteeemm! *-*


5 comentários:

  1. por
    favor,
    posta
    mais

    ResponderExcluir
  2. a lua podia ceder um pouquinho e dizer o que ela senti pro arthur

    ResponderExcluir
  3. mais uma noite de amor pfvr

    ResponderExcluir

 

©código base por Ana .
©layout por Sabrina - Fashion Cats Designs